Tem favorito nesse clássico

A dinâmica do futebol é fascinante. Há poucas semanas, o Vasco da Gama, rebaixado, era o patinho feio. O Botafogo, de Seedorf, o grande time do Rio. Quatro rodadas do Carioca depois, apaguem tudo: o clássico de domingo tem um grande favorito, o Gigante da Colina – enquanto o alvinegro se concentra em sobreviver na Taça Libertadores, obsessão de 17 anos. A Tupi transmite esse jogo e também o confronto entre Flamengo e Macaé.

Clientes | Comente

Positivo e operante

Na Rua da Passagem, em Botafogo, o botafoguense Clóvis Monteiro, líder de audiência no competitivo horário nobre do rádio, das 6 às 8h, divulga a sua mensagem positiva. O time de comunicadores da Tupi é muito forte e a Todos Nós trabalha para colocá-los em destaque, sempre. A população do Rio merece.

Clientes | Comente

Tarde no Rio e noite em Quito

O Flamengo joga hoje às cinco da tarde pelo Carioca, sem transmissão pela TV aberta – o que quer dizer que geral vai estar de ouvido colado na Super Rádio Tupi, que transmite este e os demais jogos dos times cariocas na noite de hoje (incluindo a estreia alvinegra na Taça Libertadores da América 2014, diretamente de Quito, Equador). A transmissão é divulgada hoje nos jornais Meia Hora e O Dia, com criação da Todos Nós.

Clientes | Comente

#TodosNósComASeleção

Estamos a 135 dias da abertura da Copa do Mundo no Brasil. Há 64 anos, esse mesmo evento foi realizado em nosso país – e marcou, de forma definitiva, a memória coletiva nacional. Que a Copa de 2014 seja lembrada por todo o século pelos brasileiros. E, dessa vez, com uma conquista gloriosa da Seleção Brasileira… #TodosNósComASeleção

Agência | Comente

É muita liminar e pouca bola

O Campeonato Carioca de 2014 já começou, mas o Campeonato Brasileiro de 2013 ainda não acabou. Enquanto liminares, recursos e mandados chovem na zona do agrião, o time do Fluminense, que a essa altura já não tem nada a ver com isso, vai fazendo o seu périplo pelo Estadual. A nova campanha desenvolvida pela Todos Nós destaca, em seu grafismo, os contornos épicos de cada combate – esperando que, em campo, os times não nos desmintam. Confira o anúncio impresso nesse domingo, nos jornais O Dia (de volta ao velho e bom formato standard) e Meia Hora.

Clientes | Comente

Sucesso a vera

Marcos Veras continua fazendo sucesso – nas ruas, na TV, no You Tube e na Nativa FM. Nas imediações da Candelária, em tempo de trânsito mais ameno no Rio de Janeiro (enquanto duram as férias escolares), o apresentador, comentarista, ator e humorista também faz sucesso, apesar da compenetrada indiferença do transeunte. Tá certo. Tem que estar ligado para atravessar ali.

Clientes | Comente

Mais um líder de horário

Na semana em que comemoramos o dia do emérito padroeiro da Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, vale destacar o flagrante do Romeiro de Aparecida, Pedro Augusto, líder absoluto em seu horário, cruzando a Avenida Princesa Isabel. A Super Rádio Tupi, cada vez mais líder, é uma das principais referências dessa cidade abençoada.

Clientes | Comente

Canícula comemorativa

Hoje é Dia de São Sebastião, padroeiro do Rio de Janeiro. Ao longo dos anos, a Todos Nós criou diversas peças parabenizando a cidade pela data – porém, nesses dias de intenso e inesgotável sol, talvez nenhum deles seja tão apropriado para o dia de hoje como o anúncio de meia página criado há oito anos para o Jornal do Commercio. Bom feriado, Rio.

Clientes | Comente

É ano de Copa

Nesse fim de semana o futebol brasileiro entra em campo com a responsabilidade de estar no centro do futebol mundial. O mundo estará de olho no Brasil e no que é repercutido pela mídia nacional. A Super Rádio Tupi, um dos principais veículos do País e líder em transmissões esportivas no Rio de Janeiro, será fonte de informação de milhões de pessoas em todo o planeta – um privilégio que os cariocas já estão acostumados a desfrutar, acompanhando os seus times de coração. A nova concepção gráfica desenvolvida pela Todos Nós para a divulgação dos jogos valoriza a paixão do ouvinte pela emissora e reverbera os confrontos históricos do esporte. Para 2014, ano de Copa, não podia ser menos.

Clientes | Comente

Disputada garota-propaganda

Foi destaque no JC dessa semana que a Farmais, agora controlada pela Brasil Pharma, investiu intensamente na abertura de novos pontos de venda em 2013, acrescentando mais 120 pontos às 365 lojas distribuídas pelas regiões Sul, Sudeste e Cetnro-Oeste. A expectativa para 2014 é de pelo menos 100 novos pontos, com ênfase no Nordeste – e incluindo mais 12 lojas no Estado do Rio. A Todos Nós foi uma das agências que atendeu a marca há alguns anos, com Ana Maria Braga como garota-propaganda.

Clientes | Comente

Para todos os públicos

Em sua quase bicentenária trajetória, o Jornal do Commercio formou gerações de leitores, teve influência em momentos históricos do País e foi referência política e editorial. A Todos Nós criou inúmeras campanhas comemorativas para o JC – como essa, que colocou como principal destaque o universo feminino e o espaço cada vez maior ocupado pelas mulheres no exigente ambiente econômico.

Clientes | Comente

O relógio não para

Um novo ano está de fato começando. Ano de Copa – e a sucessão de atrasos é um desfiar de oportunidades perdidas, mas chorar sobre o leite derramado é desnecessário. Assim que foi comunicada a vitória do Rio como sede das Olimpíadas, a Todos Nós criou um anúncio de meia página para o seu cliente Jornal do Commercio, parabenizando a cidade por essa conquista. Estamos a dois anos dos Jogos. Ainda é tempo de fazer muito. E de fazer a diferença. ‘Bora Rio.

Clientes | Comente

Tem tudo pra dar certo

Um ano cercado de enorme expectativa – com os cenários político, econômico e esportivo ocupando espaços e quiromantes. Pode acontecer de um tudo. Ou seja: será um ano de oportunidades a torto e a direito. É ficar atento e receptivo, porque um novo ano é sempre um cabalístico novo ponto de partida. Pegue a sua coqueteleira mágica – misture fé, alegria e esforço, bata bem e faça um brinde a 2014. Tem tudo pra dar certo.

Agência | Comente

É Natal

A impressão que dá é que os Natais estão chegando a cada seis meses. Acabamos de comemorar o último – e já chegou outro. Os anos se sucedem e 2014 já é 30 anos à frente do “1984″ com que George Orwell chocou o mundo em 1948 (justo 10 anos depois que Orson Welles abalou os Estados Unidos com sua transmissão de “Guerra dos Mundos”). Todos os pseudofuturos jazem sob não sei quantos palmos de cimento mal revirado; e o único futuro que nos chega é esse abarrotamento de Natais que faz virar o taxímetro dos anos. Melhor para o comércio, que com isso dá pauta aos noticiários, que vão mostrar quantas pessoas foram às ruas nas últimas horas e estão acabando com o estoque das lojas. Isso é bom para a economia e para quem vende crédito, rindo de fora a fora com a metade dos brasileiros endividados em um total diversas vezes superior ao que conseguem ganhar em um ano. Pessimismo? É nada! É Natal, é Ano Novo. Um momento único em que acreditamos que tudo será novo, de novo. Que a energia acumulada de milhões de famílias ilumine a trajetória da nossa nação – e que essa luz nos auxilie a reescrever a história, com um final feliz. Feliz Natal!

Agência | Comente
  • Twitter