Cada um tem o freguês que merece

As chamadas mordazes que a Super Rádio Tupi tem utilizado para divulgar suas jornadas nos jornais esportivos já se tornaram um capítulo à parte.  Observando por uma ótica positiva, naturalmente, as chances dos times do Rio, elas se tornam matéria-prima para o “bate-bola” verbal dos torcedores. E são, sem sombra de dúvida, chamarizes para as transmissões de cada rodada, contribuindo para a manutenção da liderança da emissora: aos sábados, segundo o Ibope de julho, o horário das 17 às 21h (pré-jogo, jogo e comentários) registra 109 mil ouvintes por minuto para a Tupi, enquanto a Globo acusa 70 mil. São 39 mil ouvintes a mais, ou seja, uma audiência 55,9% maior para a emissora pertencente aos Diários Associados – números que dizem claramente quem é quem no cenário do rádio carioca.

Clientes | 1 Comentário

O registro da liderança. A cores

Foi na semana passada. Faltou o registro. O anúncio veiculado na edição nacional do Meio & Mensagem deixou bem clara a equação, para quem ainda precisava da prova dos 9. A Super Tupi detém a liderança absoluta, inconteste e disparada do meio rádio no Rio de Janeiro. Não há como dizer o contrário. Hoje, todo o trade publicitário sabe qual a emissora mais ouvida do Rio. É a Tupi. Para quem ainda tinha alguma dúvida, por mais anacrônica que soasse, está feito o registro. Ao vivo, a cores e em perspectiva.

Clientes | Comente

Pensando junto com o torcedor

Até a metade do segundo tempo da partida entre Atlético Mineiro e Corinthians, ontem à noite, no Ipatingão, a nação rubronegra estava na expectativa de ver o Flamengo assumir a liderança isolada do Campeonato Brasileiro no jogo de logo mais, no Engenhão. Como o Timão virou um jogo em que perdia de 2×0 e acabou por conquistar a vitória, resta agora fazer o dever de casa contra o Atlético Goianense, para se manter cabeça-a-cabeça com o time paulista – e, preocupante, sem R10, reconvocado hoje para vestir a amarelinha. A Super Rádio Tupi, como sempre, não economizou palavras e fechou com o Flamengo na chamada. A nação concorda e agradece.

Clientes | Comente

Diário Mercantil e JC: opção em dobro

O mercado de matéria legal no Rio de Janeiro se permite ter duas ótimas alternativas para a publicação de balanços, atas e avisos – diários referenciais no jornalismo econômico. Como ambos os periódicos integram o grupo Diários Associados, ao receber o job de anunciá-los no Anuário de Mídia Pública a opção da agência foi destacar o mesmo garoto(?)-propaganda para ilustrar ambos os produtos, com pequenos detalhes de estilo marcando a diferença entre um e outro. Uma sutil apresentação que diz muito sobre o perfil de cada um dos jornais.

Clientes | Comente

Cada número tem sua história

6 pontos em disputa (por se tratarem de rivais diretos), a briga é pelo G 4 e são 2 dos mais vitoriosos clubes brasileiros. Nesse lead aritmético o número 1 tem dono cativo, que é a Super Rádio Tupi, líder absoluta de audiência e que apresenta a partida às 21h50, em uma noite com 3 transmissões no cardápio da emissora (ainda tem Vasco x Avaí e Fluminense x Figueirense, ambos às 19h30). Faltou registrar um número, né? é o da Todos Nós, que semana passada fez aniversário. Tá na camisa. É o 13.

Clientes | 1 Comentário

Superando a concorrência

Passa mês, entra mês, e Heleno Rotay continua pisando firme no acelerador e fazendo a concorrência perder velocidade. O Ibope de julho saiu agora e confirmou que o comunicador mantém o primeiro lugar, com 184 mil ouvintes por minuto. O flagrante do backbus, nas imediações da Santa Luzia, Centro do Rio, mostra Heleno feliz na liderança. Razão pra isso é que não falta – o público escuta a Super Tupi no radinho e vibra nas ruas com a passagem do dono do horário das 15 às 17 horas. A campanha vem sendo um sucesso (de público e de crítica) e a Tupi permanece líder absoluta de audiência. Tudo de bom.

Clientes | Comente

Tem oportunidade que não se perde

Os tuítes itinerantes da Todos Nós prosseguem dando o recado nas ruas do Rio. Esse aqui foi registrado na Presidente Vargas e convida potenciais clientes a experimentarem a dinâmica e abusada criação da agência. Como convém a quem valoriza cada job, o anúncio insinua que uma boa negociação é o segredo para deixar felizes o anunciante e a agência. Natural. Uma relação ganha-ganha é sempre o caminho mais curto para um trabalho bem feito. A boa propaganda entre elas.

Agência | Comente

Escute quem sabe. Vá de Tupi

Pode conferir, rolando o scroll. Todas as últimas 10 (eu disse DEZ) chamadas da Tupi na mídia esportiva confirmaram o vaticínio e terminaram com vitórias cariocas. Quer ver? Vamos lá. Domingo, 24/7, Vasco 2×1 Atlético MG; quarta, 27/7, Flamengo 5×4 Santos; sábado, 30/7, Flamengo 2×0 Grêmio; domingo, 31/7, Vasco 2×0 São Paulo; quarta, 3/8, Flamengo 1×0 Cruzeiro; quinta, 4/8, Fluminense 1×0 Internacional; sábado, 6/8, Flamengo 1×0 Coritiba; domingo, 7/8, Botafogo 4×0 Vasco (era clássico local, mas, vidente, a chamada preconizava que “só muy loco pra parar trem bala” – foram dois gols do Loco Abreu, em atuação de gala);  quinta, 11/8, Vasco 2×0 Palmeiras; ontem, sábado, 13/8, Botafogo 4×2 América Mineiro). Profetiza? Pé quentíssimo? Competência da emissora que mais entende de futebol no Brasil? Escolha uma ou mais respostas. Hoje, o Flamengo, que não sabe ainda o que é perder no Brasileirão/2011, pega o Figueirense no Orlando Scarpelli. Jogo duro – mas os craques que estarão em campo vestem o manto rubronegro. Fique ligado na transmissão da Tupi. Ela sabe das coisas.

Clientes | Comente

Pelos antecedentes, o jogo promete

Botafogo vs América Mineiro é a transmissão de hoje da Super Rádio Tupi – sendo que todos vêm de vitória. Pelo Brasileirão, o time da Estrela Solitária bateu o Vasco, por 4×0 (e por 2×1 o Atlético, também mineiro, pela Sul-Americana); o América conseguiu um surpreendente 3×0 contra o Fluminense; e a Tupi confirmou, no ibope de julho, a liderança absoluta do meio rádio. Pelos resultados recentes, dá pra perceber que não tem ninguém fraco nisso aí. Ou seja: quem tá bem na parada tem mais é que escutar pela Tupi.

Clientes | Comente

Galera de bem com a vida

A Todos Nós começou o ano 14 com foco e intensidade. A comemoração pelo aniversário foi cheia de energia e com pouca sofisticação. O patrão levou os “intimados” para um peéfe sem vergonha e todo mundo, exceto uma, disse que achou bom. Melhor ainda que não teve discurso. Uma outra que foi de comida japonesa achou tudo uma maravilha, mas há boatos de que ela, como boa publicitária, estava cativando um novo cliente. Na sobremesa as meninas se esbaldaram, à exceção da mais quietinha. Foi rápido, mas bem legal. De resto, o que importa é que o ano tem sido gratificante. O trabalho tem fluído e os resultados, nos deixado felizes. O segundo semestre promete. Acima, o pessoal, depois do almoço, olhando para a posteridade. Serenos, confiantes. Devem ter suas razões.

Agência | 2 Comentários

Copa Sul Americana na vizinhança

Começou ontem a Copa Sul Americana, com a estréia de dois cariocas que estão apostando suas fichas no título – e no consequente atalho para a Libertadores da América que ele possibilita. Flamengo e Botafogo largaram bem (1×0 e 2×1, respectivamente, contra os Atléticos Paranaense e Mineiro) e jogam agora pelo empate, na segunda partida da primeira fase. Logo mais, o Vasco, que, já classificado para a Libertadores, tem por foco somente o título (que nenhum clube carioca possui), enfrenta o Verdão em São Januário. A Super Rádio Tupi, claro, transmite. Se desde a década de 40 ela faz a cobertura ao vivo das copas sul americanas inter-seleções em todas as capitais do continente, o que não dirá de um jogaço como esse, por volta de meros três quilômetros da sede da emissora…

Clientes | Comente

Site novo, no ar. Casa nova, em breve

Certamente você já navegou no novo site da Libertà. E deve ter imaginado mil e um passeios. Porém, há sempre quem não tenha percebido. Para estes, a Todos Nós preparou um webmail convidando para um mergulho nas sugestões de roteiro da Libertá. Agora, além do novo site, a Libertà Viagens resolveu mudar também de endereço, indo para uma nova loja, em Itaipu – com mais espaço e mais conforto para receber seus clientes, em uma região com qualificado fluxo de consumidores. Fique atento, que logo vai estar rolando convite para o coquetel de inauguração. Enquanto essa hora não chega, aproveite para uma visita virtual…

Clientes | Comente

Todos Nós, 13 anos. Começa o Ano 14

A Todos Nós completa hoje 13 anos! ao longo desse tempo milhares de trabalhos foram produzidos. Centenas de amizades foram iniciadas e consolidadas. Dezenas de profissionais começaram ou prosseguiram aqui as suas carreiras – e boa parte deles permanece aqui, trazendo diariamente talento e energias positivas. Foi com essa ajuda que conquistamos sucessos e superamos adversidades. Por conta de tanta gente boa – parceiros, colegas, amigos, familiares -, estivemos sempre bem. E motivados. Melhor, mais que isso: determinados. Os desafios, quase sempre vencidos, que o digam. E nos mantivemos antenados, porque, mais rapidamente do que se poderia conceber, nesse tempo o mundo mudou. A comunicação se tornou outra. Os formatos se reinventaram e a roda tecnológica girou com cada vez mais intensidade. Tudo agora se resolve em questão de minutos – os jobs, as campanhas, se o homem viaja a Marte e se o Obama vai imprimir mais dólares. Não há quem possa parar. A publicidade reflete e alimenta essa escalada vertiginosa, e não se pode ficar indiferente. Não há onde se esconder da avalanche das novas demandas, que exigem um ser humano consciente, ético, capaz e dinâmico. É bom cuidar e a cada dia procurar fazer melhor. A equipe que diariamente faz a Todos Nós está comprometida com estas mudanças. Para que o aprimoramento constante se traduza em sensibilidade, harmonia e resultados. Essa é a idéia. Obrigado a todos vocês. O que a gente quer é mais.

Agência | 4 Comentários

Quando a mídia externa vira impressa

O anúncio publicado nessa terça-feira nos jornais cariocas Meia Hora e O Dia é o autêntico dois em um: uma fusão entre as mídias externa e impressa, transferindo para essa última o discurso utilizado na primeira. O resultado é interessante, por se tratar do registro de uma ação publicitária como matéria prima para uma outra ação. Importa destacar que ela maximizará os efeitos do backbus, fazendo com que todos que tenham sido atingidos pelo anúncio venham a ter uma lembrança mais consistente em um eventual contato com a mídia urbana – e vice-versa, pois aqueles que haviam visto os ônibus certamente terão sua atenção chamada de forma ainda mais forte pelo anúncio publicado. Um sistema de contínua alimentação que potencializa o investimento publicitário.

Clientes | 1 Comentário
  • Twitter